Cuidados com pelos curtos


Pelos curtos também necessitam de cuidados.

O principal ponto é manter a pele hidratada. Isso se dá principalmente através da alimentação.

Deve-se evitar muitos banhos. Para a maioria das raças, um banho ao mês já é o bastante ou até demais.

O ideal é manter o cão escovado [há luvas próprias mas pode-se utilizar uma escova de cerdas curtas e cheias], higienizar as orelhas, patas e boca.

Cães de pelagem curtam normalmente ganham odor por lamber-se ou estar com as orelhas sujas e dentes com tártaro.

No geral deve-se evitar higienização em excesso. Cada cão produz serumen e tártato de acordo com o seu próprio organismo ou da sua alimentação. Não há regra.

Muito banho pode desidratar a pele, irritar e gerar queda de pelos. Caso o cão tome banho de chuva frequentemente, é necessário um cuidado maior pois a pele úmida, além de mau cheiro, pode dar causa a fungos.

No caso de banhos de piscina, é necessário um banho [pode ser apenas água] para retirar o cloro depois.

Ao contrário do que possa parecer, cães de pelagem escura [preto] podem ser mais sensíveis que os de pelo branco. Pelos pretos tendem a queimar para vermelho e marrons para dourado. É possível utilizar protetores próprios.

Sempre utilize produtos de boa qualidade.

Alguns produtos ajudam a manter a hidratação.

Cães de pele avermelhada e pelo branco possuem a pele mais sensível que os pelos. Portanto é necessário um cuidado especial com a pele. Muitas vezes os problemas surgem por alimentação inadequada ou produtos que geram alergia.

Não utilize perfumes. Pode irritar e prejudica o faro.

No caso de dobermanns, whippets e pequeno lebrel italiano, as raças de pelo curto que criamos, são cães que não tem odor forte. Menos banho é mais. Dobermann só deve tomar banho quando realmente houver necessidade. Whippet solta mais pelo portanto o ideal é ficar atento à escovação e manter a pele sempre hidratada. Caspas, vermelhidões, áreas com falta de pelos indicam pele ressecada. Pequeno lebrel italiano tem o pelo fino, curto e aderente. Portanto banho é quase que desnecessário. O principal é higienizar orelhas, boca e patas.

Deve-se respeitar o biotipo do animal e a raça, caso houver.

Ana Paula Ruzinski

Canil Von Nordsonne

Featured Posts
Recent Posts
Follow Us
Search By Tags
Archive
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
whatsapp_logo.png
  • Facebook
  • Instagram

TRIXX PET